FEDERAÇÃO PARAENSE DE FUTEBOL

Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Ministro do Meio Ambiente vai prestigiar final da Copa Verde 2017

Postado em 16/05/2017 as 14:29:14
O Estádio Olímpico do Pará, Mangueirão, recebe nesta terça-feira, 16, às 20h, a partida final da Copa Verde 2017. Será a primeira vez que o estádio paraense será o palco da finalíssima da competição. A disputa será entre Paysandu (PA) e Luverdense (MT). A Copa Verde é pioneira em conceito de sustentabilidade e já foi considerada, segundo informações do site do Ministério do Meio Ambiente, a primeira competição carbono zero do futebol mundial.

O gás carbônico (CO2) emitido com a realização dos jogos será compensado com o plantio de 1,4 mil mudas nativas em Estados da Amazônia Legal. Durante a final, serão distribuídos 1,5 mil copos (Meu Eco Copo) a mulheres e crianças, em homenagem ao Dia da Mães, transcorrido no domingo, 14. Antes da partida, o ministro José Sarney, do Meio Ambiente, vai entregar a premiação aos vencedores do concurso de redação e de vídeo sob a temática "Rios Voadores".

Também durante a partida, catadores de cooperativas de materiais recicláveis irão coletar o material consumido e descartado pelos torcedores. Até o momento, a Copa Verde já recolheu uma tonelada de recicláveis, entres filmes coloridos, papelão, garrafas PET, latinhas e copos plásticos. A iniciativa baseia-se na premissa de desenvolvimento sustentável e economia solidária da Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Parte do público dos jogos que já aconteceram doou materiais recicláveis em troca de três mil ingressos para os jogos. Dos 35 mil ingressos para a final desta terça-feira, em Belém, dez mil foram confeccionados em papel-semente que, jogado em terra fértil, poderá brotar e se transformar em árvores.

A final da Copa Verde, em Belém está mobilizando a torcida paraense. Na manhã e tarde desta segunda-feira, 15, foi grande o movimento nos guichês de venda de ingressos. A torcida do Paysandu está confiante na conquista do bicampeonato. Lembrando que no jogo de ida, na Arena Pantanal, o Luverdense venceu o Paysandu por 3 a 1. O time bicolor, no entanto, está firme e a torcida vai empurrar o time para reverter o placar.

A programação pela final da Copa Verde começou nesta segunda-feira, no área do Ceju, no bairro do Mangueirão, com festival de futebol com participação de 100 crianças. Nesta terça-feira, 16, dia da decisão, haverá oficina de consumo consciente envolvendo crianças. A abertura dos portões será às 18h, com distribuição do "Meu Copo Eco" para mulheres e crianças. Às 19h30 será realizada a cerimônia de premiação do Concurso de Vídeo e Redação, com a presença de convidados e autoridades. Às 20h, início do jogo.

Concurso

O MMA promoveu o II Concurso de Redação e Vídeos da Copa Verde, com o tema “rios voadores”. O nome refere-se às massas de vapor d`água que circulam na atmosfera carregadas por correntes de ar e contribuem para a formação de chuva. Os vencedores do concurso serão conhecidos antes da partida. A Copa Verde reuniu 18 times das regiões Norte e Centro-Oeste e do Estado do Espírito Santo. O vencedor da competição ingressará diretamente nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2018. As disputas tiveram início no dia 29 de janeiro. O ganhador receberá dois troféus: um tradicional e um “vivo”, que é uma muda de árvore do bioma do vencedor para ser plantada na sede do clube.

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) uniu esforços com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para difundir ações de conservação do meio ambiente associadas à modalidade esportiva mais popular no Brasil e no mundo. A Copa Verde, campeonato pioneiro em sustentabilidade, se encerra nesta terça-feira, 16, em Belém, com o gerenciamento completo dos resíduos sólidos dos jogos e outras ações ambientais.

A diretora do Mangueirão, professora Cláudia Moura, antecipou que todas as ações de manutenção do estádio estão em dia. Serviços de corte do gramado, pintura, instalações elétrica e hidráulica passam por vistorias constantes para evitar transtornos com os torcedores. "Todas os serviços são permanentes, o Mangueirão, enquanto praça esportiva de futebol e lazer, está sempre em condições de uso, conforme preconiza o Estatuto do Torcedor", disse a diretora.

Fonte: Agência Pará
Facebook
Twitter
© 1969 - 2017 Federação Paraense de Futebol - Fundada em: 02.12.1969 Rua Paes de Souza, 424 - Fones: (0**91) 3229-5088/5397 - Fax: (0**91) 3229-1331
CEP: 66075.030 - Belém - Pará e-mail: contato@fpfpara.com.br - site: www.fpfpara.com.br.